Conhecimento complementar

Uma das coisas que considero importante para que sua empresa tenha sucesso é a contratação de bons profissionais logo no início de suas atividades, muito provavelmente você não terá como bancar os custos de um profissional de alto padrão e nem uma empresa para selecionar um que seja mais adequado a suas necessidades.
Sugiro que você antes de contratar alguém faça uma análise sistemática do cargo, defina quais conhecimentos são vitais, quais são relevantes, quais são somente adicionais. Com estas informações como base, faça uma análise de sua pessoa, quais conhecimentos você possui caso fosse ocupar o cargo. Se você já tem o conhecimento, porque o funcionário também tem que ter? Ensine-o, transmita o seu conhecimento.
Se você estiver disposto a ensinar o que já sabe, você ganha duas vezes, irá contratar um profissional menos preparado por um salário menor, irá ensiná-lo a fazer o serviço do seu modo, o que pode te agradar mais. Mas você também irá perder, irá gastar tempo ensinando e terá gastos com eventuais erros cometidos. O segredo é o conhecimento complementar.

Na análise do cargo sugeri a você identificar três níveis de conhecimento, o vital, o relevante e o adicional. Considero que ao contratar um profissional ele deva possuir o conhecimento vital, você deve ensinar o relevante, e o adicional deve ser o mais próximo do seu. Isso é o que eu chamo de conhecimento complementar, ele sabe algo que você não sabe, você tem algo a ensinar e ambos sabem e acreditam em uma linha de conhecimento comum. Dessa forma, tendo a mesma linha de pensamento, mas com níveis de conhecimento diferentes, um poderá auxiliar o outro para o crescimento profissional, e esse auxílio é vital para quem está começando algo novo, algo que ainda não conhece por completo, como seu novo negócio.

Para que você visualize melhor o que quero dizer, suponhamos que você seja um administrador de empresas, graduado e com anos de carreira na área administrativa, então decide abrir sua empresa, irá trabalhar com manutenção de equipamentos de escritório. Você até conhece alguma coisa, pois sempre gostou de “fuçar” nos equipamentos, mas não é técnico. Você sabe que terá de contratar um técnico especializado, ter o conhecimento técnico é vital, saber algo sobre administração (organização de rotinas, controle de custos, etc.) é relevante, se ele não souber você sabe, e sabe muito bem, mas ser pró-ativo, comprometido com resultados, saber lidar com problemas, ter trato com clientes, isso tudo é conhecimento adicional, são conhecimentos que devem se alinhar ao seu perfil, para que dessa forma não haja conflitos de conduta.
Dando um novo exemplo, suponhamos que você seja um cara com alto conhecimento na manutenção de computadores e que também já tenha trabalhado por anos na área administrativa, e decide abrir sua empresa, com a empresa aberta você descobre que não tem muita habilidade para o atendimento ao publico, mas essa é uma parte vital para o seu negócio, e com o tempo vem à necessidade de contratar seu primeiro funcionário, pois esta tendo mais maquina para serem concertadas do que você sozinho consegue, na hora de contratar, o seu novo funcionário deve possuir um conhecimento básico sobre manutenção de microcomputadores, mas como você tem certa dificuldade em relação à parte comercial, uma pessoa que tenha mais desenvoltura para com o trato ao cliente será mais recomendável, por tanto, ter habilidade para com o trato ao cliente é o conhecimento vital e saber fazer a manutenção dos aparelhos é o relevante, apesar do cargo ser para manutenção, até porque no caso da manutenção você pode ensiná-lo, mas no trato ao cliente você não tem essa familiaridade nem mesmo para o seu próprio uso. E o conhecimento adicional é aquele relacionado ao comportamento, ter um funcionário que tem as mesmas características comportamentais que a sua é importante no inicio de uma empresa, pois muito provavelmente serão somente os dois por um bom período até a contratação de mais pessoal.
Contratando um profissional dessa forma você estará contratando um conhecimento complementar, e reconhecendo suas limitações e suas especializações, ficará mais fácil aprender a ter sucesso.

Deixe seu comentário: