Uber trocar PostgreSQL por MySQL, entenda o porque.

Uber substitui o PostgreSQL e passa a usar MySQL

Entenda como isso é bom para o Uber

 

 Até então o Uber tinha seu banco de dados todo construído em cima do poderoso PostgreSQL. No entanto, de uns tempos para cá alguma limitações no uso do PostgreSQL fizeram eles repensarem nessa escolha. Resultado, Uber se viu na necessidade de trocar sua estrutura de banco de dados e o escolhido para isso foi o MySQL.

Uber surpreende e escolhe MySQL como sua nova estrutura para banco de dados.
Uber troca postgresql por mysql
Uber troca postgresql por mysql

 

Inicialmente o Uber tinha como base em sua tecnologia o uso dos sistemas Python aliado ao banco de dados PostgreSQL. O PostgreSQL é um dos mais eficientes sistemas para bancos de dados relacionais do mundo e possui compatibilidade para os principais sistemas operacionais da atualidade.

O PostgreSQL vem sendo amplamente usado por grandes sites por conter um leque de recursos muito grande e ser extremamente poderoso para controlar altos volumes de dados.

Mas como nem tudo são flores, o Uber chegou a conclusão que o PostgreSQL tem algumas limitações que estavam atrapalhando o desempenho do negócio em si e decidiu que o melhor a se fazer era deixar o PostgreSQL de lado e começar a usar o MySQL.

 

Para Uber o MySQL é a melhor opção.
Para Uber o MySQL é a melhor opção.

 

Alguns dos problemas com o PostgreSQL são:

  • Problemas ao nível da replicação de dados
  • Problemas na Integridade de dados
  • Escalabilidade
  • Dificuldade de actualização para novas versões
  • Para saber tudo clique aqui.

E você está curioso para saber em mais detalhes sobre essa troca entre PostgreSQL e MySQL pelo Uber? A equipe de engenheiros dele publicou um artigo completo explicando de forma bem detalhada e inclusive colocando alguns exemplos. Você pode ver esse artigo completo clicando aqui.

Concluindo, hoje a maior parte das informações do Uber já estão no MySQL. Para o Uber o MySQL é sem dúvidas o melhor sistema para banco de dados.  Eles deixam claro que o PostgreSQL tem seu valor e que realmente serviu para eles durante muito tempo, mas agora era a hora certa para mudarem.

O que fica de lição é que, cada negócio tem a sua particularidade e que a tecnologia dos sistemas usados devem estar alinhadas com o negócio. Não tendo assim tecnologia que seja melhor ou pior que a outra, apenas a mais adequada.

E mudando de pato para ganso, vou apenas deixar aqui o lembrete que as inscrições para o treinamento NGINX – Do Básico ao Avançado oferecido pelo site Aula de Nginx estão abertas e que você pode fazê-lá clicando aqui.

5 thoughts on “Uber trocar PostgreSQL por MySQL, entenda o porque.

  1. Bem, devido ao tamanho da demanda, acredito que a solução para dados recentes seja um NoSQL, como Cassandra ou MongoDB, devido a facilidade de escalar. O (Oracle) MySQL, tem boa escalabilidade em ambientes de cloud, como AWS, onde é fácil subir réplica de leitura para escalabilidade e fail-over, mas SGBDR acaba “apertando” o desempenho. Vejo interessante utilizar tal paradigma para dados históricos, mas para real-time production, sem sombras de dúvidas, NoSQL. Deixo claro, isso na minha opinião.

Deixe seu comentário: